Sierra de Gata – Pelo Rio Tejo

No passado fim de semana fomos dar uma voltinha ao longo do rio Tejo, arrancámos sexta à noite para domir junto à barragem de Belver onde chegámos perto das 23h.

Depois das tendas montadas fizemos um lumezinho para assar um chouriço e aproveitámos para mais uma conversa bem disposta.

De manhã arrancámos já bem tarde com um sol maravilhoso, seguimos em direção a Vila Velha de Rodão onde fizemos um piquenique e depois direcção a Monsanto.

Foi uma aventura tentar chegar o mais perto possível do castelo com as nossas vaquinhas carregadas, ruelas bem estreitinhas e inclinadas em empedrado. Enquanto uns ficaram a apanhar sol os outros foram caminhar o resto que faltava.

Ao pôr do sol entrámos em espanha pela Serra da Malcata com uma vista magnífica, uma estrada cortada não nos parou e seguimos pela estrada em obras.

Chegámos ao camping da Sierra da Gata já de noite, montámos as tendas e toca a cozinhar o belo do jantar para depois ir beber uns tintos de verano com uma matraquilhada.

No domingo outro dia brutal com estradas perfeitas e uma passagem pela ponte de Alcântara, um almoço debaixo da ponte junto a um rio belíssimo porque o sol estava bem quente. Ainda ganhámos umas cervejas de borla quando uma mãe, irmã e filha espanholas vieram ter connosco para tirar fotos com as motos. Apareceram do nada com as latas na mão, também estavam a fazer um piquenique, dois dedos de conversa e siga para Portugal.

Paragem junto a Marvão para um gelado e seguimos em direção a Avis onde entrámos no track offroad em direção a Lisboa, junto a Mora e já com o sol quase a tocar no horizonte saltámos para o alcatrão e em direção a casa. Este trilho levou-nos por sítios lindíssimos no meio de terrenos agrícolas cheios de gado e junto ao rio.

Já falta pouco para o próximo passeio, este foi brutal como sempre, ótima companhia, muita risada e muito boa disposição com os melhores.

Até à próxima… ✌

 

Deixar uma resposta